.:: A Natureza das Coisas ::.


“Um mestre do Oriente viu quando um escorpião estava se afogando e decidiu tirá-lo da água, mas quando o fez, o escorpião o picou. Pela reação de dor, o mestre o soltou e o animal caiu de novo na água e estava se afogando de novo. O mestre tentou tirá-lo de novo, e novamente o animal o picou. Alguém que estava observando se aproximou do mestre e lhe disse:

– Desculpe-me, mas você é teimoso! Não entende que todas as vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?

O mestre respondeu: “- A natureza do escorpião é picar e isto não vai mudar a minha, que é ajudar”.

Então, com a ajuda de uma folha o mestre tirou o escorpião da água e salvou sua vida.”

Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal; apenas tome precauções.

Este texto mostra que muitas vezes as pessoas nos machucam, mas que nunca devemos mudar quem somos por causa delas.

Todos nós possuímos níveis de evolução próprios, uns mais elevados do que outros, justamente por este motivo é natural que alguns ajam de maneira mais bruta e primitiva do que outros, contudo todas as experiências nos fazem crescer… Nos cabe refletir sobre a atitude que tiveram com você e tomá-la como exemplo para que nunca faça aos outros…

.:: Saber Perder ::.

Uma experiência que acho primordial para a felicidade de cada um é o “Saber Perder”…
Não digo com isto que devemos nos achar perdedores, contudo, precisamos aceitar nossas derrotas de cabeça erguida. Todos os dias somos obrigados a conviver com as perdas e não podemos nos deixar abater por elas.

Certas vezes nossas escolhas nos fazem perder amores, empregos, amizades importantes… Já outras vezes a mão do destino vem nos arrancar bruscamente coisas que simplesmente não optamos por perder, mas que era inevitável: entes queridos, tempo, nossa juventude…

Algumas coisas que acontecem em nossas vidas, simplesmente parecem não ter explicação. Aquela pessoa que diz que te ama agora, amanhã está amando uma mais magra, mais engraçada, mais chata… e como entender isso? – Aceitando o fato de que as pessoas não são obrigadas a nos amar e assim como nós a amamos, elas tem o direito de amar a outras pessoas da mesma forma que com certeza existe alguém que nos ama mais do que imaginamos e sequer percebemos ou damos a devida importância a isso.

Como não se revoltar em perder, perder, perder…? Vejo como uma forma de efetivar essa árdua tarefa, passar a ver as coisas que você ganhou…

O amor foi embora e você sofreu muito… Ótimo… da próxima vez você já saberá como superar essa dor e sofrerá muito menos.

Perdeu o emprego? Muito bom, vamos ver o que aconteceu de errado para que não perca os próximos…

Perdeu um amigo? O que fez de errado? Nada? Ele se afastou sem razão aparente ou aviso prévio?… Ótimo, melhor ele ter se afastado, uma pessoa falsa a menos em sua vida…

Perdeu um ente querido? Bom! Agora você passará a aproveitar muito mais a companhia dos outros entes queridos enquanto é tempo porque você acabou de ter o aprendizado que o tempo é curto e precisamos demonstrar agora todo o carinho que sentimos pois sabemos que amanhã pode ser tarde… Muito tarde!

Next Newer Entries