.:: Exprimindo Emoções ::.

Vivi durante muito tempo pensando no que fazer para agradar as pessoas. No que deveria ou não dizer. No que deveria ou não fazer… Cheguei à conclusão de que devemos fazer o que quisermos, ou melhor, o que for necessário para a nossa própria felicidade.
Em um relacionamento eu sempre pensava: “Sinto isso por ele, mas não posso dizer, pois o deixarei com medo… ele vai se afastar.” ou “Devo mandar uma mensagem? Mas assim ele achará que estou apaixonada…!”… E daí?!? Se ele achar que está apaixonada, afinal não é verdade que está apaixonada? É muito difícil assumir nossos sentimentos, nos mostrar frágeis em determinadas situações. Aprendi que devo fazer o que eu tiver vontade de fazer, pois isso fará bem pra mim…
Não sei o que a pessoa vai pensar quando ler uma mensagem carinhosa. Ela pode pensar: “Nossa! Ela está caidinha por mim! Melhor afastá-la para que ela não se envolva mais!” – Sim!! Ele pode pensar isso… Entretanto pode ser que aquela mensagem era tudo que ele precisava para saber que está sendo correspondido e se entregar, pode ser que ele também estivesse inseguro em relação a você e por este motivo ainda não havia lhe mandado uma mensagem.
Antes de tomar uma atitude, não pense: “Qual será a reação do receptor?” – Pense apenas: “Fazer isso é uma forma de exprimir as minhas emoções? É disso que eu preciso nesse momento?” Então faça!!!
Não fazer por medo de perder? Você pode perder se fizer… e se não fizer TAMBÉM!!! Por isso é tão importante se fazer feliz… Porque não são os outros que podem te fazer feliz, só você pode fazer isso!

Uma vez vi uma frase que dizia: “Você nunca sabe que resultados virão da sua ação. Mas se você não fizer nada, não existirão resultados.”

Faça o que quiser para que nunca tenha o sentimento de: “e se eu tivesse feito?”, “e se eu tivesse tentado?”, “e se eu tivesse dito?”…
No futuro, quando olhar para trás verá que você fez tudo que estava ao seu alcance… e se não funcionou, você foi você em todos os momentos. Você não fez ninguém se apaixonar pelo que pensava que você fosse…! Você não enganou, não mentiu, não traiu, você apenas foi você… E você verá que mesmo estando sozinho (a), você foi feliz… Você viveu intensamente. E sabe quando você será feliz com alguém? Quando você encontrar alguém que saiba e queira viver tão intensamente quanto você!

Nunca devemos nos humilhar. Para nada. Para ninguém. Se você sente algo por alguma pessoa coloque para fora. Faça com que ela saiba, mas sempre tenha o discernimento e o bom senso de saber que as pessoas não são obrigadas a estar na mesma sintonia que nós. Que elas não tem a obrigação de retribuir os nossos sentimentos Nós devemos em primeiro lugar compreender isso. Não devemos insistir, encher a caixa postal da pessoa com mensagens que a convençam de que você é a pessoa certa para ela. Quem deve saber isso é ela e por isso existe o livre arbítrio.

Devemos sim exprimir o que se passa em nosso coração, desde que sejam sentimentos bons… Sentimentos agressivos devem morrer e não ser manifestados. Fazer uma pessoa se sentir culpada por lhe causar algum tipo de sofrimento nunca é uma boa opção. Isso nunca vai fazer com que ela desperte o amor que você quer dela, no máximo vai fazer com que ela alimente um sentimento de compaixão por você.

É claro que pessoas que exprimem suas emoções estão expostas. Estão sujeitas e serem machucadas por pessoas que não tem a mesma grandeza de espírito. Mas isso também a tornará uma pessoa mais forte, com uma capacidade enorme de superar as derrotas, de se bastar cada vez mais.

Para fazer alguém feliz, primeiro é necessário se fazer feliz.
Se você passar a vida toda sendo algo que você não é para conquistar alguém, deixando de fazer as coisas que sente vontade de fazer, deixando de fazer declarações de afeto por medo de não ser recompensado, mesmo que tudo dê certo nessa relação ela nunca será realmente vivida, pelo menos por uma das partes: você!

E se tudo que você oferecer não for suficiente para que gostem de você é porque com certeza essa pessoa a qual está dedicando tanta atenção não é suficiente para você também!

1 Comentário (+add yours?)

  1. Vivi
    Jan 16, 2011 @ 20:31:34

    Sabe o que mais amei nesse post?? Que ele começa fazendo uma alusão a mim, haha!! Brincadeira! Amiga, concordo com cada palavra! Felicidade é algo que serve pra ser dividido! Beijos

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: